10 de fev de 2012

Os Marsupiais

Os Marsupiais

Os mamíferos marsupiais envolvem cerca de 250 espécies distribuídas no continente Americano e principalmente na Austrália. São exemplos de marsupiais os gambás, diabos - da tasmânia, os cangurus, os coalas, entre outros.

Figura: Exemplos de marsupiais

Os marsupiais são mamíferos primitivos (Methateria) que não possuem uma placenta verdadeira, mas sim um rudimento chamado placenta vitelina que apesar de sustentar o embrião no inicio do desenvolvimento não consegue fazê-lo até o final da gestação. Ao nascer o filhote prematuro é abrigado em uma bolsa cutânea ventral, o marsúpio, para ser protegido e alimentado pelos mamilos que secretam leite.  
Figura: No esquema é mostrado a localização do marsúpio em um canguru. Foto de um canguru recem nascido (prematuro).

Na América os marsupiais predominantes são os gambás e cuícas, mamíferos primitivos de pequeno tamanho típicos de regiões tropicais florestais. São animais noturnos, predominantemente insetívoros. São evitados por seus predadores devido ao desagradável odor que exalam, especialmente em momentos de estresse por glândulas anais. Para se proteger dos predadores muitos gambás simulam a morte. São muito férteis, a gestação é curta para os padrões de mamíferos (três semanas), geram muitos filhotes, até 18 em alguns casos. Ao nascerem os filhotes prematuros são carregados do marsúpio. Quando crescem são carregados em suas costas.

Figura: Gambá simulando a morte.

Sugestão de vídeo: O nascimento de um canguru.


Um comentário: