12 de fev de 2012

O que é uma biópsia?



Biópsia é um exame microscópico de uma amostra de um tecido biológico vivo a procura de sinais de patologias como o câncer, infecção, doença degenerativa e efeitos adversos de um tratamento médico quimioterápico ou radioterápico. A retirada do tecido alvo da biópsia podem ser feita, de modo geral, através de uma cirurgia ou por aspiração com uso de uma agulha. Após a retirada da amostra, ela passa por uma série de procedimentos histológicos que culminarão com a montagem de lâminas que serão analisadas pelo patologista, que emitirá um laudo concluindo se no tecido observado há alterações que indique alguma patologia.

Exemplo da importância de uma biópsia?

1. Uma mulher após o auto-exame de mama detecta nódulos endurecidos, o que a preocupa muito, pois pode ser um sinal de câncer de mama.

Figura: Auto-exame de mama - Click para ampliar.

2. Preocupada procura um médico que indica a realização de uma mamografia.


3. A mamografia revela alterações no tecido mamário que podem indicar o desenvolvimento de um câncer de mama, mas também podem indicar outras patologias.

Figura: Mamografia normal.

Figura: mamografia com suspeita de câncer

4. É indicada a realização de uma biópsia.

Figura: Retira de uma amostra do nódulo da mama.

5. Através da análise laboratorial do tecido mamário extraído na biópsia pode se detectar se o nódulo é devido à presença de um cisto mamário, um tumor benigno ou maligno.


Figura: Tecido mamário normal.

Figura: Tecido mamário com aspecto indicando a presença de cistos mamários.


Figura: Tecido mamário com aspecto canceroso.

6. Baseado no resultado da biópsia indica-se o tratamento mais apropriado.  


Vídeo explicando como ocorre uma biópsia de mama.


Um comentário: