1 de dez de 2013

Ficha Resumo se Botânica - Tecidos Vegetais: Parênquimas

Click na figura para ampliar

Explicação da ficha resumo

Os parênquimas

O parênquima é considerado um tecido de preenchimento vegetal. É um tecido adulto primário, originário de células meristemáticas primárias do meristema fundamental. É encontrado preenchendo espaços no córtex da raiz e caules, na medula dos caules, no mesófilo foliar e na polpa de frutos. É um tecido vivo, formados por células parenquimáticas que geralmente possuem somente parede celular primária constituída por celulose e preservam a capacidade de divisão celular.

Tipos de parênquimas e suas funções

Os parênquimas são tecidos metabolicamente ativos realizando diversas funções como preenchimento, armazenamento e transporte de substâncias.

  • Parênquimas clorofilianos: são parênquimas formados por células parenquimáticas clorofiladas responsáveis pela fotossíntese produzindo carboidratos e gás oxigênio. É encontrado no mesófilo foliar na forma de parênquima paliçádico e parênquima lacunoso. O parênquima paliçádico é formado por células justapostas localizadas próximas a epiderme superior. O parênquima lacunoso é formado por células que apresentam espaços aéreos para a circulação de ar, adjacentes a epiderme inferior, especialmente onde ocorrem estômatos.  

  • Parênquima de armazenamento: são parênquimas formados por células parenquimáticas grandes que armazenam no seu citoplasma substâncias como o amido em raízes e caules, óleos e proteínas em sementes. Quando armazenam amido são chamados de parênquima amilífero.

  • Parênquima de preenchimento: são parênquimas formados por células com formatos irregulares que apresentam espaços entre as células que armazenam ar e água. Nas plantas aquáticas há um parênquima de preenchimento que armazena grande quantidade de ar que permite a flutuação no meio aquático, é chamado parênquima aquífero ou aerênquima. Nas plantas de clima seco (xerófitas), como os cactos, o caule é preenchido por um parênquima que armazena água, chamado parênquima aquífero.

Acesse outras fichas resumo



Um comentário: