24 de nov de 2013

Ficha resumo - Botânica: tecidos vegetais e suas origens



Explicação do esquema: os tecidos vegetais e sua origem

1) Os tecidos meristemáticos

Meristemas são tecidos vegetais formados por células meristemáticas. As células meristemáticas são jovens e indiferenciadas, possui volume reduzido, forma poliédrica, parede celular fina e flexível formada principalmente por celulose e possuem alta capacidade de divisão celular por mitose.

Classificação dos meristemas quanto à origem

a) Meristemas primários: tecidos meristemáticos derivados diretamente das células meristemáticas do embrião ou de células indiferenciadas derivadas deste. Localizam-se na extremidade do caule (meristema apical caulinar), nas extremidades da raiz (meristema apical radicular) e nas gemas laterais do caule (meristema lateral). Os meristemas primários são responsáveis pelo crescimento em altura dos vegetais (crescimento primário).

b) Meristemas secundários: tecidos meristemáticos derivados de tecidos adultos que readquiriram características meristemáticas. Localizam-se no interior da raiz e caule e são responsáveis pelo crescimento em espessura do vegetal (crescimento secundário).

Tipos de meristemas primários

Conforme as células meristemáticas primárias derivadas do embrião se dividem elas formam novas células ainda com características meristemáticas que formam três tecidos meristemáticos primários.

  • Protoderma: camada de mais externa de células meristemáticas do embrião, dos meristemas apicais caulinares, radiculares e gemas laterais. É responsável pela formação de um tecido adulto primário chamado epiderme.  
  • Meristema fundamental: camada intermediária de células meristemáticas do embrião, meristemas apicais, radiculares e gemas laterais. É responsável pela formação uma região da raiz e do caule chamada córtex, formada por três tecidos adultos primários: esclerênquima, colênquima e parênquima.   
  • Procâmbio: camada de células meristemáticas mais internas do embrião, dos meristemas apicais caulinares, radiculares e gemas laterais. É responsável pela formação dos tecidos diferenciados, os tecidos vasculares primários: xilema primário e floema primário. Procâmbio também forma o cambio fascicular, uma camada de células localizadas entre o xilema e o floema primários.


Tipos de meristemas secundários

  • Felogênio: tecido meristemático secundário encontrado no interior da raiz e do caule de plantas com crescimento em espessura (plantas lenhosas). É formado a partir de um tecido adulto chamado parênquima. Sua atividade forma externamente o súber que substitui a epiderme e internamente um parênquima chamado feloderma. O conjunto formado pelo súber, felogênio e feloderma forma uma região denominada periderma.


  • Câmbio: interfascicular: tecido meristemático secundário encontrado no interior da raiz e do caule de plantas que tem crescimento em espessura (plantas lenhosas). É formado a partir de um tecido adulto chamado parênquima. Sua atividade meristemática os tecidos de condução secundários, externamente forma o floema secundário e internamente o floema secundário. O cambio fascicular também contribui para a formação dos tecidos vasculares secundários.

2) Tecidos adultos

Tecidos adultos são tecidos diferenciados derivados da diferenciação de tecidos meristemáticos.

Tipos de tecidos adultos

a) Tecidos adultos primários: são tecidos diferenciados originados a partir de meristemas primários.
  • Tecido de revestimento
    • Epiderme (formado a partir da protoderma)
  • Tecidos de sustentação
    • Esclerênquima (formado a partir do meristema fundamental)
    • Colênquima (formado a partir do meristema fundamental)
  • Tecidos de preenchimento
    • Parênquima (formado a partir do meristema fundamental)
  • Tecidos de condução
    • Xilema primário (formado a partir do procâmbio)
    • Floema primário (formado a partir do procâmbio)
  • Cambio fascicular (formado a partir do procâmbio)

 b) Tecidos adultos secundários: são tecidos diferenciados originados a partir de meristemas secundários.
  • Tecido de revestimento
    • Súber (formado do felogênio)
  • Tecido de preenchimento
    • Feloderma (formado a partir do felogênio)
  • Tecidos de condução
    • Xilema secundário (formado a partir do câmbio fascicular e interfascicular)
    • Floema secundário (formado a partir do câmbio fascicular e interfascicular)



Alguns sinônimos:
  • Meristema primário = meristema apical
  • Meristemas secundários = meristemas laterais = câmbios
  • Xilema = lenho
  • Floema = líber
  • Crescimento secundário = crescimento em espessura = crescimento transversal
  • Crescimento primário = crescimento em altura = crescimento longitudinal
  • Súber = casca
  • Felogênio = câmbio da casca = câmbio suberógeno
  • Plantas lenhosas = gimnospermas (pinheiros) e angiospermas com crescimento em espessura
  • Tecidos vasculares primários = xilema e floema primário
  • Tecidos vasculares secundário = xilema e floema secundários
Acesse outras fichas resumo






Nenhum comentário:

Postar um comentário