18 de fev de 2012

Os elefantes

Os elefantes


Os elefantes são mamíferos que pertencem à ordem Proboscidea. Os integrantes desta ordem são caracterizados por possuir grande tamanho e uma tromba desenvolvida. Atualmente há dois gêneros de proboscídeos: o elefante africano (A) e o elefante asiático (B), com poucas espécies. 


Mas no passado a ordem foi muito mais diversa, há no registro fóssil o reconhecimento de mais de 170 espécies, entre eles o Deinotério (A), Mamute (B) e o Mastodonte (C).



A função da tromba

A tromba é uma das características marcantes dos elefantes. É um órgão musculoso formado pela fusão dos lábios superiores e o nariz. Sendo um nariz modificado possui certamente função olfatória. Mas seus fortes e precisos músculos transformam a tromba em uma espécie de “mão” com a qual os elefantes pegam alimento e levam a boca. A tromba também serve para aspirar água. A tromba é um órgão táctil e também serve as carícias aos filhotes e a golpes de defesa.


 A função das grandes orelhas

Os elefantes são animais de grande tamanho que possuem uma superfície muito grande exposta ao sol o que leva seu corpo a um grande aquecimento. As grandes e finas orelhas dos elefantes funcionam como um dispersor de calor, uma espécie de radiador. São intensamente vascularizadas perdendo calor da circulação para o ambiente. Os elefantes africanos que vivem na áfrica sob clima muito mais quente que o elefante asiático, possuem orelhas maiores.

Importância ecológica

Os elefantes são herbívoros que comem grandes quantidades de vegetais diariamente. Durante suas jornadas a procura de alimento produz trilhas no ambiente que facilitam a locomoção de outras espécies, abrem clareiras na vegetação, permitindo a renovação da vegetação e pelas suas fezes dispensam sementes dos vegetais que consomem.

3 comentários: