28 de out de 2015

QUESTÕES DO ENEM COMENTADAS - DESNUTRIÇÃO PROTEICA (ENEM 2014)


ENEM 2014 - Ciência da Natureza e Suas Tecnologias - Biologia
Assunto: bioquímica com enfoque na nutrição humana


Na década de 1940, na Região Centro-Oeste, produtores rurais, cujos bois, porcos, aves e cabras estavam morrendo por uma peste desconhecida, fizeram uma promessa, que consistiu em não comer carne e derivados até que a peste fosse debelada. Assim, durante três meses, arroz, feijão, verduras e legumes formaram o prato principal desses produtores.
O Hoje, 15 out 2011 (adaptado)
Para suprir o déficit nutricional a que os produtores rurais se submeteram durante o período da promessa, foi importante eles terem consumido alimentos ricos em
a) vitaminas A e E.
b) frutose e sacarose.
c) aminoácidos naturais.
d) aminoácidos essenciais.
e) ácidos graxos saturados

Resolução


Para suprir o deficit nutricional de aminoácidos provocado pela falta de consumo de carne os produtores rurais deveriam aumentar o consumo de vegetais ricos em proteínas, especialmente aquelas constituídos por aminoácidos essenciais. Cereais como feijão, soja, ervilha e lentilha serveriam bem a este propósito.

Resposta d



Aprofundamento 1
Mais sobre a importância das proteínas na nutrição humana

A carência de proteínas na dieta é um problema relativamente comum em países pobres onde a disponibilidade de produtos alimentares de origem animal é escassa. A carência de aminoácidos na quantidade necessária é percebida no corpo humano através de:
  • Pele pálida: a carência de aminoácidos diminui a produção da proteína hemoglobina.
  • Aumento da sensibilidade a luz: a carência de aminoácidos afeta a produção de pigmentos proteicos encontrados em células da retina dos olhos
  • Queda de cabelo: a carência dos aminoácidos afeta a produção da proteína queratina que constitui a estrutura dos cabelos.
  • Fragilidade óssea: a carência de aminoácidos diminui a quantidade da proteína colágeno presente na matriz do tecido ósseo. Esta proteína confere resistência aos ossos.
  • Massa muscular reduzida: a carência de aminoácidos afeta a produção de aminoácidos das proteínas contráteis , actina e miosina, nas células musculares.



Aprofundamento 2
Doenças nutricionais provocadas por deficit na ingestão de proteínas.

Marasmo

A Desnutrição proteica do tipo marasmo é a mais comum. Afeta principalmente crianças que deixaram de ser amamentadas quando a mãe teve um novo filho e que possuem um alimentação pobre em carne, ovos, leite e cereais. Leva à perda de massa muscular e a uma aparência extremamente magra.


Kwashiorkor

A desnutrição do tipo Kwashiorkor provoca edema ou retenção de líquidos, e leva a uma barriga inchada, sistema imunológico fraco e diarreia crônica. Em estágios mais avançados, pode causar choque.
Aprofundamento 3
Desnutrição proteica avançada

Se a desnutrição proteica não é tratada, especialmente no caso das crianças, que podem estar desnutridas desde o nascimento, os sinais e sintomas irão piorar. Podendo causar:

  • Enfraquecimento do coração: a deficiência de aminoácidos afeta a produção das proteínas contráteis do coração, actina e miosina.
  • Temperatura corporal baixa: a deficiência de aminoácidos diminui a massa muscular que produz calor.
  • Insuficiência hepática: entre as várias funções do fígado destaca-se a produção de proteínas sanguíneas, sem aminoácidos esta função é afetada.
  • Insuficiência renal: a deficiência de aminoácidos provoca uma diminuição na produção de proteínas do sangue, diminuindo a pressão sanguínea, o que afeta a função renal.
  • Dificuldades de cicatrização: a deficiência de aminoácidos afeta a produção da proteína colágeno, importante no processo de cicatrização.



Aprofundamento 4
Função das proteínas

As deficiência alimentar de proteínas tem grande impacto no corpo humano, pois as proteínas exercem diferentes papéis biológicos:

  • Nas membranas celulares exercem função estrutural, enzimática, transportadora, receptora de hormônios e neurotransmissores, reconhecimento celular e ligante celular,
  • Função estrutural no cabelo, unhas e pele (proteína queratina).
  • Função estrutural na pele e ossos (proteína colágeno)
  • Função protetora contra organismos invasores e toxinas (imunoglobulinas ou anticorpos)
  • Função de coagulação sanguínea (proteínas trombina, fibrina e vários fatores de coagulação)
  • Função anticoagulante (proteína heparina)
  • Função hormonal (hormônios como a insulina, glicogênio, adrenalina, T3, T4, entre outros)
  • Função enzimática (centenas de diferentes enzimas).

Aprofundamento 5
Sais minerais importantes para o corpo humano presentes na carne

Além de fornecer aminoácidos para a síntese proteica uma dieta que inclua carne fornece:
  • íons ferro que são constituintes da molécula de hemoglobina presente no interior das hemácias. Carência de ferro pode provocar anemia ferropriva, uma redução do número de hemácias que dificulta a oxigenação dos tecidos, afetando a produção de energia.
  • íons zinco que são ativadores do funcionamento de muitas enzimas.


Um comentário: