13 de dez de 2011

O esqueleto dos animais é sempre feito de ossos?



 Não! Há três tipos de esqueleto nos animais: os hidrostáticos, os exoesqueletos e os endoesqueletos.

Esqueletos hidrostáticos

Os esqueletos hidrostáticos são constituídos por líquidos Em águas vivas o corpo é sustentado por um líquido gelatinoso localizado na parede do corpo, a mesogléia. Em vermes nematelmintos (lombrigas) e anelídeos (minhocas) cavidades do corpo são preenchidas por um líquido que sustentam a forma dos organismos e auxiliam no transporte de nutrientes pelo corpo e na locomoção.

 
Figura - Em muitos animais a sustentação do forma do corpo é realizada pu um líquido localizado em cavidades no corpo. No caso da lombriga este líquido está na cavidade do pseudoceloma.

Exoesqueletos

Os exoesqueletos, como o próprio nome indica, são esqueletos externos que envolvem o corpo de alguns animais, como os artrópodes e moluscos. Nos molusco o exoesqueleto é uma concha calcária, que cresce juntamente com o corpo dos moluscos, sua principal função é proteção.  Nos artrópodes o exoesqueleto é constituído principalmente por um polissacarídeo, a quitina (exoesqueleto quitinoso). É rígido, não acompanhando o aumento de tamanho dos animais, sendo trocado periodicamente (ecdise oumuda). O exoesqueleto dos artrópodes além de um fator de proteção serve a inversão de músculos que realizam a locomoção  
Figura - A casca dos artrópodes, como os insetos acima, é um exemplo de exoesqueleto.

Endoesqueletos


Os Endoesqueleto são esqueletos internos. São encontrados em animais invertebrados como os equinodermos e em cordados vertebrados, como peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Nos vertebrados o esqueleto pode ser de natureza cartilaginosa, como ocorre nos tubarões e predominantemente óssea como ocorre na maioria dos vertebrados. O osso é um tecido vivo, dinâmico, capaz de cresce, sofre reparos e se modelar durante a vida de um animal. Sustenta a forma do corpo, protege órgãos vitais, serve a inserção de músculos para a locomoção e funcionam como reservas de íons cálcio, fosfato e magnésio.
Figura - Endoesqueleto predominantemente ósseo dos vertebrados



Nenhum comentário:

Postar um comentário